Ano XXI nº 247 -

Edição 247 - maio 2018

03/05/2018

 

 

S A Ú D E - 3 a 6/, em São Paulo:

Casos de demência triplicarão até 2050

A OMS estima que o número de casos de demência triplique até 2050, atingindo mais de 152 milhões pessoas ao redor do globo, como consequência do envelhecimento populacional e continuará a atingir principalmente países de baixa e média renda. O tema será apresentado em profundidade por especialistas em diagnóstico por imagem, durante a 48ª Jornada Paulista de Radiologia, de 3 a 6 de maio, em São Paulo. O evento reunirá especialistas internacionais para discutir a imaginologia da demência.

O médico Marcelo Gálvez, presidente da Sociedade Chilena de Radiologia, e a dra. Noriko Salamon, professora do Departamento de Radiologia da Ucla, David Geffen School of Medicine, participarão do módulo de Neurorradiologia.

Demência é um “termo guarda-chuva” para denominar diversas doenças que afetam progressivamente, em sua maioria, a memória, o comportamento e as habilidades cognitivas. A mais comum é o alzheimer, presente em quase 70% dos diagnósticos.  Problemas para a detecção precoce - “Na doença de Alzheimer, por exemplo, os achados de ressonância magnética (RM) só aparecem em fases tardias. contudo, procedimentos diagnósticos da medicina nuclear são bastante promissores, a partir do uso de novo marcador: o Pittsburgh Compound B (PIB)”, afirma a profa. Claudia da Costa Leite, do Departamento de Radiologia e Encologia da Faculdade de Medicina da USP.

SERVIÇO

48ª jornada paulista de radiologia

 3 a 6 de maio de 2018

Transamerica Expo Center

www.jpr2018.org.br

 

 

3º Setor | Anuncie | Arquivo JSO | Bastidores | Estatística | Expediente | Legislação | Fale com o JSO | Mural/Cartas | Utilidade Pública

Copyright @ 1999 Editabr Comunicação e Editora Ltda. Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização por escrito.
Melhor visualização 1024x768pixels